,


16 Filmes sobre manifestações, revoluções e revolucionários.

16 Filmes sobre manifestações, revoluções e revolucionários.

Olá, galera! Acompanhando pela televisão os protestos que estão acontecendo em São Paulo, decidi montar uma lista sobre revoluções e manifestações. Desde sempre vemos as pessoas lutando por seus direitos, e essas lutas aconteceram de muitas maneiras que foram retratadas pelo cinema, indo do real ao fantástico. Espero que isso sirva de motivação para que vocês continuem lutando pelo o que acreditam. Divirtam-se, revolucionem!

1 – A Onda (2008) – Direção: Dennis Gansel

Rainer Wegner, professor de ensino médio, deve ensinar seus alunos sobre autocracia. Devido ao desinteresse deles, propõe um experimento que explique na prática os mecanismos do fascismo e do poder. Wegner se denomina o líder daquele grupo, escolhe o lema “força pela disciplina” e dá ao movimento o nome de A Onda. Em pouco tempo, os alunos começam a propagar o poder da unidade e ameaçar os outros. Quando o jogo fica sério, Wegner decide interrompê-lo. Mas é tarde demais, e A Onda já saiu de seu controle. Baseado em uma história real ocorrida na Califórnia em 1967.

 A ONDA

2 – Batismo de Sangue (2006) – Direção: Helvecio Ratton

São Paulo, fim dos anos 60. O convento dos frades dominicanos torna-se uma trincheira de resistência à ditadura militar que governa o Brasil. Movidos por ideais cristãos, os freis Tito (Caio Blat), Betto (Daniel de Oliveira), Oswaldo (Ângelo Antônio), Fernando (Léo Quintão) e Ivo (Odilon Esteves) passam a apoiar o grupo guerrilheiro Ação Libertadora Nacional, comandado por Carlos Marighella (Marku Ribas). Eles logo passam a ser vigiados pela polícia e posteriormente são presos, passando por terríveis torturas.

batisom de sangue

3 – Clube da Luta (1999) – Direção: David Fincher

Um explosivo sofredor de insônia (Edward Norton) e um carismático vendedor de sabonete (Brad Pitt) canalizam agressão primitiva masculina transformando-a em uma nova e chocante forma de terapia. Seu conceito pega, e formam-se diversos clubes da luta clandestinos em cada cidade, até que uma mulher sensual e excêntrica (Helena Bonham Carter) entra na jogada e desencadeia uma situação fora de controle rumo ao caos.

clube da luta

4 – Domingo Sangrento (2002) – Direção: Paul Greengrass

O dia é 30 de janeiro de 1972. Na cidade de Derry, na Irlanda do Norte, os cidadãos saem em passeata pelos direitos humanos. Sem motivo aparente, soldados britânicos atiram e matam 13 pessoas desarmadas e, a princípio, sem qualquer conexão com o IRA, o grupo que luta pela libertação da Irlanda do Norte. Esse episódio é conhecido como Domingo Sangrento e marca o começo do conflito que transformou-se em guerra civil, com muitos atos de violência e terrorismo. O filme acompanha, em estilo seco e realista, a vida de quatro homens envolvidos em ambos os lados do conflito.

domingo sangrento

5 – Edukators – Os Edukadores (2004) – Direção: Hans Weingartner

Três jovens idealistas realizam protestos pacíficos, invadindo a casa de pessoas ricas para trocar os móveis de lugar e deixar mensagens de protestos. Numa de suas ações um deles esquece um celular, o que faz com que tenham que retornar ao local no dia seguinte. Porém o que eles não contavam era em encontrar presente o dono da casa.

edukators

6 – Hunger (2008) – Direção: Steve McQueen

Violento, dramático, controverso, apaixonante e profundamente emotivo, “Hunger” é uma experiência multi-sensorial que nos dá uma visão da Greve de Fome do IRA, mais concretamente dos últimos meses de vida de Bobby Sands na prisão de Maze em Belfast, na Irlanda do Norte do início dos anos 80.

hunger-2008

7 –  Machuca (2004) – Direção: Andrés Wood

Chile, 1973. Gonzalo Infante (Matías Quer) é um garoto que estuda no Colégio Saint Patrick, o mais conceituado de Santiago. Gonzalo é de uma família de classe alta, morando em um bairro na área nobre da cidade com seus pais e sua irmã. O padre McEnroe (Ernesto Malbran), o diretor do colégio, inspirado no governo de Salvador Allende decide implementar uma política que faça com que alunos pobres também estudem no Saint Patrick. Um deles é Pedro Machuca (Ariel Mateluna) que, assim como os demais, fica deslocado em meio aos antigos alunos da escola. Provocado, Pedro é seguro por trás e um deles manda que Gonzalo o bata, que se recusa a fazer isto e ainda o ajuda a fugir. A partir de então nasce uma amizade entre os dois garotos, apesar do abismo de classe existente entre eles.

machuca

8 – Malcolm X (1992) – Direção: Spike Lee

Biografia do famoso líder afro-americano (Denzel Washington) que teve o pai, um pastor, assassinado pela Klu Klux Klan e sua mãe internada por insanidade.

malcolm x

9 – O Grupo Baader Meinhof (2008) – Direção: Uli Edel

Alemanha, anos de 1970. Ataques de homicidas com bombas, a ameaça do terrorismo e o medo de um inimigo infiltrado estremecem as fundações da ainda frágil democracia germânica. Os radicais filhos da geração nazista, liderados por Andreas Baader, Ulrike Meinhof e Gudrun Ensslin lutam uma violenta guerra contra aquilo que eles denominam a nova face do facismo: o imperialismo americano apoiado pelo establishment alemão, sendo muitos dos seus membros com passado nazista. O objetivo do grupo é criar uma sociedade mais humana; mas ao empregar membros desumanos, o que fazem é espalhar o terror e derramar sangue, perdendo assim a própria humanidade. Ironicamente, o único que os compreende é também aquele que os caça: o chefe da polícia alemã, Horst Herold. Ao mesmo tempo em que obtém sucesso em sua cruel perseguição contra os jovens terroristas, Horst também sabe que está lidando apenas com uma ponta do iceberg.

o grupo baader meinhof

10 – Outubro (1928) – Direção: Grigori Aleksandrov, Sergei M. Eisenstein

Em tom de documentário, acontecimentos em Petrogrado são encenados desde o fim da monarquia, em fevereiro de 1917, até o fim do governo provisório em novembro do mesmo ano. Lênin volta em abril. Em julho, os contra-revolucionários mandam prendê-lo. Em outubro, os Bolsheviks estão prontos para atacar: os dez dias que abalaram o mundo.

 october

11 – Diários de Motocicleta (2004) – Direção: Walter Salles

Che Guevara (Gael García Bernal) era um jovem estudante de Medicina que, em 1952, decide viajar pela América do Sul com seu amigo Alberto Granado (Rodrigo de la Serna). A viagem é realizada em uma moto, que acaba quebrando após 8 meses. Eles então passam a seguir viagem através de caronas e caminhadas, sempre conhecendo novos lugares. Porém, quando chegam a Machu Pichu, a dupla conhece uma colônia de leprosos e passam a questionar a validade do progresso econômico da região, que privilegia apenas uma pequena parte da população.

DIARIOS DE MOTOCICLETA

12 – Salvador (2006) – Direção: Manuel Huerga

A história real do militante, assaltante de bancos e anarquista Salvador Puig Antich (Daniel Brühl), integrante do grupo Movimiento Ibérico de Liberación, cuja execução em 1974, a última realizada na Espanha com o método do garrote, instalou uma polêmica que ajudou a decretar o fim da ditadura franquista e o retorno da democracia ao país.

salvador puig

13 – Sociedade dos Poetas Mortos (1989) – Direção: Peter Weir

Em 1959 na Welton Academy, uma tradicional escola preparatória, um ex-aluno se torna o novo professor de literatura. Porém, ele propõe métodos de ensino que incentivam seus alunos a pensarem por si mesmos e apresenta aos alunos a Sociedade dos Poetas Mortos. Isto acaba criando um conflito entre os diretores que ainda pregam o método antigo e conservador.

sociedade dos poetas mortos

14 – V de Vingança (2005) – Direção: James McTeigue

Em uma Inglaterra do futuro, onde está em vigor um regime totalitário, vive Evey Hammond (Natalie Portman). Ela é salva de uma situação de vida ou morte por um homem mascarado, conhecido apenas pelo codinome V (Hugo Weaving), que é extremamente carismático e habilidoso na arte do combate e da destruição. Ao convocar seus compatriotas a se rebelar contra a tirania e a opressão do governo inglês, V provoca uma verdadeira revolução. Enquanto Evey tenta saber mais sobre o passado de V, ela termina por descobrir quem é e seu papel no plano de seu salvador para trazer liberdade e justiça ao país.

C249-22A

15 – Milk – A Voz da Igualdade (2009) – Direção: Gus Van Sant

Uma cinebiografia de Harvey Milk (1930-1978), político norte-americano que assumiu sua homossexualidade publicamente nos anos 70, sendo o primeiro homossexual assumido a ser eleito a um cargo público nos Estados Unidos.

 milk

16 – Os Miseráveis (2012) – Direção: Tom Hooper

O longa é uma adaptação da célebre obra Os Miseráveis (1862), do escritor francês Victor Hugo e contará a história de Jean Valjean um homem libertado da prisão, que refaz a sua vida se tornando proprietário de uma fábrica, político e, posteriormente, acaba adotando a filha de Fantine, Cossette.

anne-hathaway-les-miserables1

Comments

Leave a Reply

One Ping

  1. Pingback:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments