, ,


11 filmes de metalinguagem no cinema

11 filmes de metalinguagem no cinema

E ai galera! Essa lista vai ser um pouco diferente das outras que eu venho postado por aqui: com um teor aparentemente mais sério, dessa vez vou tratar da metalinguagem no cinema, colocando títulos com enredos sobre como fazer cinema, no geral, além de outros aspectos do termo. Espero que vocês gostem da proposta e e tentem se divertir haha!


 

1 – Zelig (1983) – Direção: Woody Allen

Um pseudo-documentário sobre a vida de Leonard Zelig (Woody Allen), o homem-camaleão, que tinha o dom de modificar a aparência para agradar as outras pessoas.

zelig


 

2 – Oito e Meio (1963) – Direção: Federico Fellini

Prestes a rodar sua próxima obra, o cineasta Guido Anselmi (Marcello Mastroianni) ainda não tem idéia de como será o filme. Mergulhado em uma crise existencial e pressionado pelo produtor, pela mulher, pela amante e pelos amigos, ele se interna em uma estação de águas e passa a misturar o passado com o presente, ficção com realidade.


 

3 – A Noite Americana (1973) – Direção: François Truffaut

Um dos filmes que melhor representa as loucuras que se passam em um set de filmagem. Um ator que fica deprimido porque sua noiva sai com um dublê, uma atriz que se entregou às bebidas e não consegue lembrar de suas falas e muitas outras confusões, que o diretor deve fazer de tudo para contornar, até gravarem uma das cenas mais importantes do filme: a que o dia deve ser transformado em noite artificialmente.


 

4 – Adaptação (2002) – Direção: Spike Jonze

Charlie Kaufman (Nicolas Cage) precisa de qualquer maneira adaptar para o cinema o romance “The Orchid Thief”, de Susan Orlean (Meryl Streep). O livro conta a história de John Laroche (Chris Cooper), um fornecedor de plantas que clona orquídeas raras para vendê-las a colecionadores. Porém, além das dificuldades naturais da adaptação de um livro em roteiro de cinema, Charlie precisa lidar também com sua baixa auto-estima, sua frustração sexual e ainda Donald, seu irmão gêmeo que vive como um parasita em sua vida e sonha em também se tornar um roteirista.

Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments