, ,


10 filmes para quem gosta de cinema francês – Parte 1

10 filmes para quem gosta de cinema francês – Parte 1

Fala Galera! Dessa vez montei uma lista compilando alguns filmes para os fanáticos pelo cinema Francês, a lista será dividida em muitas partes nos próximos dias. Fiz uma seleção entre títulos já conhecidos e alguns cultuados pelo grande público, mas também trouxe alguns outros não tão difundidos aqui no Brasil para que todos conheçam. Claro que como sempre essa lista NÃO É DEFINITIVA e nem esta separada por ordem de preferência. Espero que a lista os ajude nas próximas escolhas relacionadas ao tema. Façam suas listas e deixem nos comentários também, isso ajuda os usuários que já conhecem esses filmes e querem conhecer outros. Bom filme e boas experiências a todos!


1 – O Demônio das Onze Horas (1965) – Direção: Jean-Luc Godard

Casado com uma italiana e entediado com sua vida na alta sociedade, o professor espanhol Ferdinand foge em direção ao sul com Marianne, após um cadáver ser encontrado na casa dela. Eles caem na estrada e deixa um rastro de roubos por onde passam.


2 – Os Incompreendidos (1959) – Direção: François Truffaut

Os Incompreendidos (Les quatre cents coups) é um filme francês de 1959, do gênero drama, dirigido por François Truffaut. O filme narra a história do jovem parisiense Antoine Doinel, um garoto de 14 anos que se rebela contra o autoritarismo na escola e o desprezo dos pais Gilberte e Julien Doinel. Rejeitado, Doinel passa a faltar as aulas para freqüentar cinemas ou brincar com os amigos, principalmente René. Com o passar do tempo, as censuras o direcionarão, vivenciará descobertas e cometerá delitos em busca de atenção.


3 – A Bela da Tarde (1967) – Direção: Luis Buñuel

A história de Séverine (Catherine Deneuve), jovem rica e infeliz que procura um discreto bordel para realizar suas fantasias sexuais e conseguir o prazer que seu marido não consegue lhe dar.


4 – Hiroshima, Meu Amor (1959) – Direção: Alain Resnais

Durante sua participação num filme sobre a paz, rodado em Hiroshima, uma atriz francesa tem uma aventura amorosa com um japonês, o que reaviva nela lembranças de uma trágica paixão durante a Ocupação. Entre o passado de guerra e o presente de incertezas, ele e ela tentam tornar imortal este encontro fortuito, através da mistura de tempos, recordações e corpos.

Comments

Leave a Reply

One Ping

  1. Pingback:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments