, ,


10 filmes para quem gosta de cinema francês – Parte 3

10 filmes para quem gosta de cinema francês – Parte 3

Fala Galera! Dessa vez montei uma lista compilando alguns filmes para os fanáticos pelo cinema Francês, a lista será dividida em muitas partes nos próximos dias. Fiz uma seleção entre títulos já conhecidos e alguns cultuados pelo grande público, mas também trouxe alguns outros não tão difundidos aqui no Brasil para que todos conheçam. Claro que como sempre essa lista NÃO É DEFINITIVA e nem esta separada por ordem de preferência. Espero que a lista os ajude nas próximas escolhas relacionadas ao tema. Façam suas listas e deixem nos comentários também, isso ajuda os usuários que já conhecem esses filmes e querem conhecer outros. Bom filme e boas experiências a todos!


21 – Meu Tio (1958) – Direção: Jacques Tati

O senhor e a senhora Arpel têm uma casa moderna num quarteirão asséptico. Eles têm tudo e na casa deles é tudo novo: o jardim é novo, a casa é nova, os livros são novos. Neste universo tão confortável, tão clean, tão high-tech, tão bem programado, o humor, os jogos e a sorte não têm lugar. E o filho Gérard aborrece-se. É então que irrompe o irmão da senhora, o tio, o Sr. Hulot. Personagem inadaptada, habituada ao seu mundo caloroso, vai, para delírio do sobrinho, virar tudo de pernas para o ar. Solteirão descontraído e vagabundo conquista a amizade do sobrinho mostrando as coisas simples da vida. Mas enfrenta os cuidados da irmã e do cunhado que querem vê-lo casado e trabalhando.

meu tio


22 – Minha Vida em Cor-de-Rosa (1997) – Direção: Alain Berliner

Menino introspectivo causa grande comoção quando decide só se vestir e se comportar como menina. A situação cria uma grande confusão para familiares e causa estupefação nas pessoas que os cercam.

minha vida em rosa


23 – A Mãe e a Puta (1973) – Direção: Jean Eustache

Um parisiense aparenta manter um relacionamento aberto ideal com sua namorada, mas acaba se apaixonando por uma enfermeira, que se orgulha de sua vida casual. Um triângulo amoroso se estabelece na tentativa de formar um ménage-a-trois.

a mae e a puta


24 – A Espuma dos Dias (2013) – Direção: Michel Gondry

Baseado no romance do escritor francês Boris Vian, a história fantástica acompanha Colin, um jovem abastado que fez sua fortuna de uma curiosa invenção olfativa-musical, o pianocktail. Ele então conhece e se casa com Chloe em uma cerimônia grandiosa e generosamente doa um quarto do seu dinheiro para os amigos Chick e Alise, para que eles também possam se casar. Porém, a tragédia não tarda e Chloe cai enferma, com uma rara e dolorosa condição: uma vitória-régia dentro do pulmão. A única maneira de tratá-la é cercando-a com flores, o que leva Colin a uma crise financeira.

a espuma das dias


25 – A Guerra do Fogo (1981) – Direção: Jean-Jacques Annaud

A reconstituição da pré-história, tendo como eixo a descoberta do fogo. A saga de uma tribo e seu líder, Naoh, que tenta recuperar o precioso fogo recém-descoberto e já roubado. Através dos pântanos e da neve, Naoh, encontra três outras tribos, cada uma em um estágio diferente de evolução, caminhando para a atual civilização em que vivemos.

a guerra do fogo

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments