, ,


10 Curiosidades sobre Laranja Mecânica


“Laranja Mecânica” é um filme que atravessa gerações e parece conseguir cada vez mais fãs – o que é totalmente esperável, uma vez que a história de Anthony Burgess é extremamente cativante e atual e a direção da obra-prima é do mestre Stanley Kubrick.

No entanto, você sabe o que Mick Jagger tem a ver com “Laranja Mecânica”?  Você sabe que havia cenas que não estavam no roteiro?

Preparamos uma lista com dez curiosidades sobre este filme incrível.

1) Laranja Mecânica foi uma das maiores bilheterias de 1971.

2) Alex cantando “Singing in the Rain” enquanto ataca o escritor e sua esposa não estava no roteiro. Stanley Kubrick passou quatro dias experimentando a cena, achando ela sempre muito convencional. Eventualmente, ele perguntou à Malcolm se ele poderia dançar. Eles tentaram a cena novamente, desta vez, com Malcolm dançando e cantando a única música que ele conseguia se lembrar. Kubrick gostou tanto do resultado que ele comprou os direitos de “Singing in the Rain” por US$ 10,000.

3) Basil, a serpente, foi introduzida ao filme por Kubrick quando ele descubriu que Malcolm McDowell tinha medo de répteis.

4) O primeiro corte do diretor de Stanley Kubrick tinha quase quatro horas – antes de ele contratar diversos assistentes de edição.

5) De acordo com Malcolm McDowell, a cena de sexo acelerada foi originalmente filmada em um único take longo que durou 28 minutos.

6) Anthony Burgess vendeu os direitos de Laranja Mecânica para Mick Jagger por US$500 quando ele precisava de dinheiro rápido. Jagger tinha intenção de fazer o filme com os Rolling Stones no papel dos droogs, mas depois vendeu os direitos do filme por muito mais. Inicialmente, Burgess não queria que Kubrick fosse o diretor, mas ficou contente com os resultados. Ele sentiu que o filme fez com que seu livro – um dos que ele menos gostou de ter escrito – escondesse todo sua obra.

7) A cena final foi feita após 74 takes.

8) O médico ao lado de Alex quando o garoto é forçado a assistir a filmes ultraviolentos era um médico real, que assegurava que os olhos de Malcolm não secassem.

9) Malcolm McDowell lidou facilmente com a língua estranha pois estava acostumado a interpretar peças de Shakespeare com a Royal Shakespeare Company.

10) McDowell escolheu interpretar Alex com seu sotaque comum do norte da Inglaterra ao invés do forte sotaque “cockney” – característico da classe operária inglesa. O ator pensou que seu sotaque suave iria contrastar com a personalidade ameaçadora de Alex e também o faria se destacar dos droogs.

Comments

Leave a Reply
  1. Como todo filme do Kubrick, fantástico… dá um nó no cérebro da gente, ficamos com imagens na cabeça por um bom tempo pensando sobre o que quis dizer…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments