, ,


10 filmes para quem gosta de cinema francês – Parte 9

10 filmes para quem gosta de cinema francês – Parte 9

Fala Galera! Dessa vez montei uma lista compilando alguns filmes para os fanáticos pelo cinema Francês, a lista será dividida em muitas partes nos próximos dias. Fiz uma seleção entre títulos já conhecidos e alguns cultuados pelo grande público, mas também trouxe alguns outros não tão difundidos aqui no Brasil para que todos conheçam. Claro que como sempre essa lista NÃO É DEFINITIVA e nem esta separada por ordem de preferência. Espero que a lista os ajude nas próximas escolhas relacionadas ao tema. Façam suas listas e deixem nos comentários também, isso ajuda os usuários que já conhecem esses filmes e querem conhecer outros. Bom filme e boas experiências a todos!


81 – Um Homem, Uma Mulher (1966) – Direção: Claude Lelouch

O despertar do amor entre um solitário convicto e uma mulher precocemente viúva. Ele, piloto de corridas (Jean-Louis Trintignant). Ela, roteirista de cinema (Anouk Aimée). Os dois tentam conduzir um relacionamento sincero e bem humorado em meio às insistentes demandas familiares e profissionais.


82 – Cléo das 5 às 7 (1962) – Direção: Agnès Varda

Agnès Varda, uma visionária da “new wave” francesa, capturou a atmosfera de Paris dos anos 60, mostrando os questionamentos de uma mulher solteira enquanto espera o resultado de uma biopsia. Uma crônica de duas horas cruciais na vida de uma mulher. Cléo das 5 as 7, mostra uma mistura profunda de realidade com sofrimento.


83 – Bande à Part (1964) – Direção: Jean-Luc Godard

Dois rapazes tentam convencer uma garota a furtar quantia em dinheiro guardada no quarto de seu patrão, enquanto um deles vive com ela um pequeno romance.


84 – Amantes Constantes (2005) – Direção: Philippe Garrel

Em 1969, um grupo de jovens dedica-se ao ópio após ter vivido os acontecimentos de 1968. Um romance intenso nasce dentro deste grupo entre dois jovens de 20 anos que se conheceram durante a revolta.


85 – Sangue Ruim (1986) –  Direção: Leos Carax

Com toques de cinema noir , esta ficção científica gira em torno de uma estranha epidemia que se espalha pelo país, chamada STBO. A doença é transmitida através do sexo, mas apenas do sexo sem compromisso, sem vínculo afetivo. Um remédio foi desenvolvido, mas é inacessível. Marc (Michel Piccoli), um homem desesperado e cheio de dívidas, é contratado para roubar a fórmula de um prédio do governo. Ele pede ajuda a Alex (Denis Lavant), um adolescente que se sente atraído por duas mulheres: Lise (Julie Delpy), sua namorada, e Anna (Juliette Binoche), amante de Marc.

Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments