, , ,


10 filmes para quem gosta de cinema francês – Parte 10

10 filmes para quem gosta de cinema francês – Parte 10

Fala Galera! Dessa vez montei uma lista compilando alguns filmes para os fanáticos pelo cinema Francês, a lista será dividida em muitas partes nos próximos dias. Fiz uma seleção entre títulos já conhecidos e alguns cultuados pelo grande público, mas também trouxe alguns outros não tão difundidos aqui no Brasil para que todos conheçam. Claro que como sempre essa lista NÃO É DEFINITIVA e nem esta separada por ordem de preferência. Espero que a lista os ajude nas próximas escolhas relacionadas ao tema. Façam suas listas e deixem nos comentários também, isso ajuda os usuários que já conhecem esses filmes e querem conhecer outros. Bom filme e boas experiências a todos!


91 – Azul é a Cor Mais Quente (2013) – Direção: Abdellatif Kechiche

Adèle (Adèle Exarchopoulos) é uma garota de 15 anos que descobre, na cor azul dos cabelos de Emma (Léa Seydoux), sua primeira paixão por outra mulher. Sem poder revelar a ninguém seus desejos, ela se entrega por completo a este amor secreto.


92 – Ferrugem e Osso (2012) – Direção: Jacques Audiard

Alain (Matthias Schoenaerts) está desempregado e vive com o filho, de apenas cinco anos. Ele parte para a casa da irmã em busca de ajuda e logo consegue um emprego como segurança de boate. Um dia, ao apartar uma confusão, ele conhece Stéphanie (Marion Cotillard), uma bela treinadora de orcas. Alain a leva em casa e deixa seu cartão com ela, caso precise de algum serviço. O que eles não esperavam era que, pouco tempo depois, Stéphanie sofreria um grave acidente que mudaria sua vida para sempre.


93 – O Círculo Vermelho (1970) –  Direção: Jean-Pierre Melville

Clássico noir de Jean-Pierre Melville, este thriller traz a história de um ladrão recém-libertado da prisão, que se junta a um assassino fugitivo e a um ex-policial para um grande assalto em uma joalheria.


94 – Sozinho Contra Todos (1998) – Direção: Gaspar Noé

A figura central da trama é o Açogueiro, saído do curta-metragem “Carne”, também do diretor Gaspar Noé. Essa criatura violenta, petrificada, fica vagando por labirintos obsessivos repletos de recalques, ódio contra estrangeiros e homossexuais, com a sempre onipresente figura da filha que ele deseja de maneira doentia.


95 – O invasor (2011) – Direção: Nicolas Provost

O africano Amadou chega à Bruxelas em busca de uma vida melhor. Mas a exploração que sofre de seu chefe, um homem envolvido com tráfico de pessoas, e o medo da deportação fazem com que ele perca as esperanças. As perspectivas melhoram quando ele conhece Agnès, uma rica executiva que se deixa seduzir por seu charme. Mas ao perceber que Amadou passou a projetar nela seus desejos e suas esperanças, ela se afasta. Amadou passa então a ter um comportamento violento e destrutivo.Sucesso de critica e público no festival de Veneza’11.

Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments