, ,

LOL Love OMG Win


44 Filmes Para Quem Adora Psicologia

20 – O Silêncio dos Inocentes (1991) – Direção: Jonathan Demme

Clarice Starling (Jodie Foster), agente novata do FBI, procura por um assassino que ataca mulheres jovens e depois retira suas peles. Para construir o perfil psicológico deste psicopata, recorre à ajuda de um assassino preso que agia de forma semelhante. É o dr. Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), um psiquiatra canibal. Lecter, de fato, pode ajudar na investigação, mas quer em troca um local mais confortável para ficar preso. E quer também se aproximar da durona Clarice, para que ela fale de seus traumas e revele seu lado vulnerável.


19 – Dente Canino (2009) – Direção: Giorgos Lanthimos

Dente Canino conta a história de uma família que tem três filhos e moram em uma casa isolada no subúrbio. Em volta dessa casa há uma cerca muito alta, que as crianças nunca passaram. Ou seja, os filhos do casal nunca tiveram nenhum contato com mundo exterior. Quem cria, educa e ensina todo para as crianças são os pais, porém, excluindo toda e qualquer influência do mundo lá fora. A situação piora quando as crianças começam a fazer questionamentos que não fazem mais sentido no mundo em eles vivem.


18 – Ondas do Destino (1996) – Direção: Lars Von Trier

Ondas do Destino é sobre Bess, uma moça com leve deficiência mental que se apaixona insanamente por um trabalhador dos campos de petróleo. Sua pequena comunidade na Escócia é controlada pelos anciões, que ditam as regras e costumes do local. O marido dela é considerado um “outsider”, alguém de fora, e mesmo não totalmente bem-vindo ele se casa com ela e eles passam a morar juntos na comunidade. Ela descobre o sexo e se torna ainda mais enlouquecida pelo marido, em uma relação intensa e sem reservas. Um acidente ocorre e o mundo deles e o das pessoas à sua volta muda completamente.


17 – Sr. Ninguém (2009) – Direção: Jaco Van Dormael

Em um futuro não muito distante, Nemo Nobody tem 118 anos de idade e é o último mortal a conviver com as pessoas imortais. Durante esse período, ele relembra os seus anos reais e imaginários de casamento.


16 – Interiores (1978) – Direção: Woody Allen

A aparente rotina de tranqüilidade de uma família burguesa de Manhattan é abalada quando o pai decide abandonar a casa para viver com outra mulher.

Comments

Leave a Reply
  1. Gostaria de recomendar também “Sybil” filme que relata a trajetória de Sybil Dorsett e a Dr. Wilbur na busca pelo tratamento da paciente, que sofre de transtorno de múltipla personalidade, um dos casos mais famosos da época. O filme diminui um pouco o número de personalidade múltiplas (se não me engano, 13) mas no livro são 17 personalidades com idades diferentes, e também com diferentes gêneros, que tomam conta de Sybil enquanto ela não consegue lidar com seus problemas corriqueiros sozinha, devido uma série de abusos sofridos na infância.

    Faz tempo que vi o filme, mas lembro que vi o filme mas lembro de ter achado muito bom, que conseguir o livro também, vale a leitura!

  2. Gostei da lista, vi quase todos (: mas eu acrescentaria ainda: Bem me quer, mal me quer (2002), Precisamos falar sobre Kevin (2011), Mar Adentro (2004), A caça (2012), Pelos olhos de Maisie (2012), White Frog (2012), Elena (2012)… e mais mil, mas não me lembro agora IUASGDIUASHIU

  3. Ótima lista. Gostei mesmo. Mas senti a falta de filmes como: Trainspotting , Quero ser John Malkovich, Império dos sonhos…

  4. Ótima lista. Acredito que filmes como Spider, Transamerica, Requiem para um sonho (meu favorito do Arronofsky), Shame, Psicopata Americano, Amnesia e O Operario são ótimos complementos para esta lista.

  5. Grande lista! Pode-se inferir conteúdo da Psicologia em praticamente todos os filmes, mas em relação a transtornos, temos também “Precisamos Falar Sobre Kevin”, “Réquiem”, “Nell”, “O Iluminado” e “Carrie”.

  6. muito boa essa postagem de vocês, nos ajuda como videolocadoras a informar melhor nosso acervo aos clientes

  7. Outro filme muito bom nessa temática é o “Requiem for a Dream” (“Requiem para um sonho”, se não me engano) do Darren Aronofsky. Apesar de ser voltado um tanto mais pra questão das drogas, o filme tem uma marca bem psicológica e nos leva entre diversas alucinações dos personagens e o agravamento dos seus vícios e até uma parte do tratamento de um deles.
    O longa ainda conta com atuações brilhantes, destaque para a performance da Ellen Burstyn, e, aí já uma opinião bem pessoal, a Jennifer Connelly tá linda nesse filme.
    Bom, pode ser até que eu esteja um tanto enganado sobre algumas coisas, mas fica aí a recomendação.
    P.S.: adorei a lista.

  8. Pra mim, não existe filme mais louco e transformador de mentes do que “Mister Nobody”, seria o meu primeiro! <3

  9. Tinha um, europeu, dos anos de 1980, que era o máximo. Era de uma família e tinha um maluco e um vovô legal. Em determinado momento todo mundo ficava com um curativo na cabeça (até o busto do Freud). Eu esqueci o nome e não me perdoo por isso.

  10. Sybil, a história de uma garota que tinha 16 personalidades, com nomes, idades e características diferente, isso tudo quando ainda não se existia esse diagnóstico de múltiplas personalidades, trabalho muuito bom!

  11. Na minha opinião substitua o “k-pax” pelo “Hombre Mirando El Sudeste” um filme que tem a mesma história, só que além de ser anterior a este que vigora na lista, é muito mais poético

  12. Faltou “Mr.Johnson” , c/ Richard Gere interpretando um homem bipolar com problemas de euforia, e “Terapia do Amor”, uma comédia romântica que aborda a paixão de uma mulher por um homem muito mais jovem.

  13. Aos que se interessaram pelos filmes, a maioria, infelizmente, só pode ser assistida se for baixada via torrent. Principalmente os mais antigos. E ainda assim, geralmente só vão encontrar em sites estrangeiros. O site mais legalzinho no Brasil é o http://filmescult.com.br/. Não tem todos eles, mas tem alguns e outros que o pessoal mais cult gosta de ver. Mas geralmente, vão ter de sair procurando no Google mesmo. Boa caçada.

  14. Faltou outros filmes mais recentes:Garota Exemplar, Hannibal Lecter, Prova de amor, Para sempre Alice, O golpista do ano.

  15. Indico: Confissões (filme japonês), Oldboy (filme coreano) e Miss Violence (filme grego), estes tem uma temática muito pesada e reflexiva… e nos tira um pouco dos filmes americanos.

3 Pings & Trackbacks

  1. Pingback:

  2. Pingback:

  3. Pingback:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments