, ,

LOL Love OMG Win


44 Filmes Para Quem Adora Psicologia

10 – Crepúsculo dos Deuses (1950) – Direção: Billy Wilder

No início um crime é cometido e uma voz em off começa a narrar que tudo começou quando Joe Gillis (William Holden), um roteirista fugindo de representantes de uma financeira que tentava recuperar o carro por falta de pagamento e se refugia em uma decadente mansão, cuja proprietária, Norma Desmond (Gloria Swanson), era uma estrela do cinema mudo.


9 – Dogville (2003) – Direção: Lars Von Trier

Anos 30, Dogville, um lugarejo nas Montanhas Rochosas. Grace (Nicole Kidman), uma bela desconhecida, aparece no lugar ao tentar fugir de gângsters. Com o apoio de Tom Edison (Paul Bettany), o auto-designado porta-voz da pequena comunidade, Grace é escondida pela pequena cidade e, em troca, trabalhará para eles. Fica acertado que após duas semanas ocorrerá uma votação para decidir se ela fica. Após este “período de testes” Grace é aprovada por unanimidade, mas quando a procura por ela se intensifica os moradores exigem algo mais em troca do risco de escondê-la. É quando ela descobre de modo duro que nesta cidade a bondade é algo bem relativo, pois Dogville começa a mostrar seus dentes. No entanto Grace carrega um segredo, que pode ser muito perigoso para a cidade.


8 – Violência Gratuita (1997) – Direção: Michael Haneke

O que seria um bucólico período de férias à beira de um lago para Anna, George e seu filho pequeno, transforma-se num pesadelo quando recebem a visita de um casal de jovens psicopatas, que os submetem a um tenso jogo de tortura psicológica.


7 – Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1966) – Direção: Mike Nichols

George (Richard Burton), um professor universitário, e Martha (Elizabeth Taylor), sua esposa que é também filha do reitor, recebem no final da noite Nick (George Segal), um jovem professor, e Honey (Sandy Dennis), sua mulher. À medida que a noite avança, as confissões entre os quatro se tornam mais ácidas e a verdade se torna algo muito deprimente.


6 – A Professora de Piano (2001) – Direção: Michael Haneke

Erika Kohut (Isabelle Huppert) trabalha como professora de piano no Conservatório de Viena. Ela não bebe nem fuma, vivendo na casa de sua mãe (Annie Girardot) aos 40 anos. Quando não está dando aulas Erika costuma frequentar cinemas pornôs e peep-shows, em busca de excitação. Logo ela inicia um relacionamento com Walter Klemmer (Benoît Magimel), um de seus alunos, com quem realiza vários jogos perversos.

Comments

Leave a Reply
  1. Gostaria de recomendar também “Sybil” filme que relata a trajetória de Sybil Dorsett e a Dr. Wilbur na busca pelo tratamento da paciente, que sofre de transtorno de múltipla personalidade, um dos casos mais famosos da época. O filme diminui um pouco o número de personalidade múltiplas (se não me engano, 13) mas no livro são 17 personalidades com idades diferentes, e também com diferentes gêneros, que tomam conta de Sybil enquanto ela não consegue lidar com seus problemas corriqueiros sozinha, devido uma série de abusos sofridos na infância.

    Faz tempo que vi o filme, mas lembro que vi o filme mas lembro de ter achado muito bom, que conseguir o livro também, vale a leitura!

  2. Gostei da lista, vi quase todos (: mas eu acrescentaria ainda: Bem me quer, mal me quer (2002), Precisamos falar sobre Kevin (2011), Mar Adentro (2004), A caça (2012), Pelos olhos de Maisie (2012), White Frog (2012), Elena (2012)… e mais mil, mas não me lembro agora IUASGDIUASHIU

  3. Ótima lista. Gostei mesmo. Mas senti a falta de filmes como: Trainspotting , Quero ser John Malkovich, Império dos sonhos…

  4. Ótima lista. Acredito que filmes como Spider, Transamerica, Requiem para um sonho (meu favorito do Arronofsky), Shame, Psicopata Americano, Amnesia e O Operario são ótimos complementos para esta lista.

  5. Grande lista! Pode-se inferir conteúdo da Psicologia em praticamente todos os filmes, mas em relação a transtornos, temos também “Precisamos Falar Sobre Kevin”, “Réquiem”, “Nell”, “O Iluminado” e “Carrie”.

  6. muito boa essa postagem de vocês, nos ajuda como videolocadoras a informar melhor nosso acervo aos clientes

  7. Outro filme muito bom nessa temática é o “Requiem for a Dream” (“Requiem para um sonho”, se não me engano) do Darren Aronofsky. Apesar de ser voltado um tanto mais pra questão das drogas, o filme tem uma marca bem psicológica e nos leva entre diversas alucinações dos personagens e o agravamento dos seus vícios e até uma parte do tratamento de um deles.
    O longa ainda conta com atuações brilhantes, destaque para a performance da Ellen Burstyn, e, aí já uma opinião bem pessoal, a Jennifer Connelly tá linda nesse filme.
    Bom, pode ser até que eu esteja um tanto enganado sobre algumas coisas, mas fica aí a recomendação.
    P.S.: adorei a lista.

  8. Pra mim, não existe filme mais louco e transformador de mentes do que “Mister Nobody”, seria o meu primeiro! <3

  9. Tinha um, europeu, dos anos de 1980, que era o máximo. Era de uma família e tinha um maluco e um vovô legal. Em determinado momento todo mundo ficava com um curativo na cabeça (até o busto do Freud). Eu esqueci o nome e não me perdoo por isso.

  10. Sybil, a história de uma garota que tinha 16 personalidades, com nomes, idades e características diferente, isso tudo quando ainda não se existia esse diagnóstico de múltiplas personalidades, trabalho muuito bom!

  11. Na minha opinião substitua o “k-pax” pelo “Hombre Mirando El Sudeste” um filme que tem a mesma história, só que além de ser anterior a este que vigora na lista, é muito mais poético

  12. Faltou “Mr.Johnson” , c/ Richard Gere interpretando um homem bipolar com problemas de euforia, e “Terapia do Amor”, uma comédia romântica que aborda a paixão de uma mulher por um homem muito mais jovem.

  13. Aos que se interessaram pelos filmes, a maioria, infelizmente, só pode ser assistida se for baixada via torrent. Principalmente os mais antigos. E ainda assim, geralmente só vão encontrar em sites estrangeiros. O site mais legalzinho no Brasil é o http://filmescult.com.br/. Não tem todos eles, mas tem alguns e outros que o pessoal mais cult gosta de ver. Mas geralmente, vão ter de sair procurando no Google mesmo. Boa caçada.

  14. Faltou outros filmes mais recentes:Garota Exemplar, Hannibal Lecter, Prova de amor, Para sempre Alice, O golpista do ano.

  15. Indico: Confissões (filme japonês), Oldboy (filme coreano) e Miss Violence (filme grego), estes tem uma temática muito pesada e reflexiva… e nos tira um pouco dos filmes americanos.

3 Pings & Trackbacks

  1. Pingback:

  2. Pingback:

  3. Pingback:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments