, ,


Os 10 melhores filmes dos anos 80

Os 10 melhores filmes dos anos 80

O grupo Enquete Cinema do Facebook, realizou um concurso onde dezenas de cinéfilos de várias regiões do Brasil, elegeram os 10 melhores filmes da década de 80. O resultado foi bem plural e apresenta obras de diversos estilos e cineastas. Confira:

10º lugar

DE VOLTA PARA O FUTURO (1985) de Robert Zemeckis

Um marco dos anos 80, ‘De volta para o futuro’ tem a cara dessa década. Por mais que grande parte do filme se passe na década de 50. Ele conta a história de um jovem, Marty McFly (Michael J. Fox) que aciona acidentalmente uma máquina do tempo construída por um cientista (Christopher Lloyd) em um Delorean, retornando aos anos 50. Lá conhece sua mãe (Lea Thompson), antes ainda do casamento com seu pai, que fica apaixonada por ele. Tal paixão põe em risco sua própria existência, pois alteraria todo o futuro, forçando-o a servir de cupido entre seus pais.

Um grande sucesso de bilheteria que vem conquistando gerações, o filme arrecadou mais de US$ 350 milhões no mundo todo e foi indicado a 4 Oscars.


9º lugar

TOURO INDOMÁVEL (1980) de Martin Scorsese

O pugilista peso-médio Jake LaMotta (Robert De Niro), chamado de “o touro do Bronx”, sobe na carreira com a mesma rapidez com que sua vida particular se degrada, graças ao seu temperamento violento e possessivo. Todos ao seu redor são afetados por seu comportamento auto-destrutivo, como seu irmão e empresário Joey LaMotta (Joe Pesci) e sua esposa Vickie (Cathy Moriarty).

Considerado um dos grandes trabalhos de direção da história do cinema, a obra-prima de Martin Scorsese foi indicado a 8 Oscars e venceu na categoria melhor ator (De Niro) e edição.


8º lugar

NÃO AMARÁS (1988) de Krzysztof Kieslowski

Tomek (Olaf Lubaszenko), um solitário jovem de 19 anos, se distrai observando a vizinha que mora no prédio em frente através da janela de seu quarto. O objeto dos olhares do rapaz, Magda (Grazyna Szapolowska), é uma bela artista por volta dos trinta anos, de vida agitada e muitos amantes. Cada vez se aproximando mais, ele consegue um encontro com sua musa, mas o relacionamento não segue o rumo esperado pelo apaixonado Tomek.

Eleito pelo público o melhor filme da Mostra Internacional de São Paulo de 1989, ‘Não Amarás’ é uma versão estendida de um dos episódios da série cinematográfica “Decálogo”.


7º lugar

A ROSA PÚRPURA DO CAIRO (1985) de Woody Allen

Em área pobre de Nova Jersey, durante a Grande Depressão, uma garçonete (Mia Farrow) que sustenta o marido bêbado e desempregado, que só sabe ser violento e grosseiro, foge da sua triste realidade assistindo filmes. Mas ao ver pela quinta vez “A Rosa Púrpura do Cairo” acontece o impossível! Quando o herói da fita sai da tela para declarar seu amor por ela, isto provoca um tumulto nos outros atores do filme e logo o ator que encarna o herói viaja para lá, tentando contornar a situação. Assim, ela se divide entre o ator e o personagem.

Considerado um dos melhores filmes da vasta filmografia de Woody Allen, o filme foi indicado ao Oscar na categoria de melhor roteiro original.


6º lugar

AMADEUS (1984) de Milos Forman

Cinebiografia fictícia de um dos maiores gênios da música clássica de todos os tempos. A história é contada através de Salieri, antigo músico da corte real. Toda a sua admiração e inveja por Mozart criam um paradoxal sentimento durante toda a projeção, com um amor em comum entre os dois: a música.

Eleito um dos 100 melhores filmes americanos de todos os tempos pelo American Film Institute, ‘Amadeus’ foi vencedor de 8 Oscars, incluindo a categoria de melhor filme.

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments