, ,


Albert Camus e o Cinema do Absurdo em 10 filmes

Albert Camus e o Cinema do Absurdo em 10 filmes

Filmes com perspectivas de Camus e sua filosofia do absurdo, com seus temas de eterno retorno, amor fati, e o global “confronto entre a necessidade humana (por sentido) e o desrazoável silêncio do mundo.”


1 – O Estrangeiro (LUCHINO VISCONTI, 1967)

Filme centralizado na figura de Mersault, um homem frio, de um vazio absurdo, que não mostra a mínima reação frente a morte da mãe, um assassinato, uma condenação.

 


2 – Sísifo (MARCELL JANKOVICS, 1974)

Este curta baseado no mito grego de Sisifo, em que foi condenado a carregar uma enorme pedra montanha acima e ao chegar lá deixa-la rolar de volta para assim carrega-la novamente.

 


3 – Fate (ZEKI DEMIRKUBUZ, 2001)

Musa, um contador que trabalha com a alfândega, acredita no vazio e no absurdo da existência. Ele não luta para mudar sua vida, deixa-se levar, juntamente com eventos porque ele acha que tudo leva para o mesmo fim. A morte de sua mãe não o afeta. Embora ele a ame, sua morte não o deixa triste. E o fato vai ter consequências pesadas em seu futuro.


4 – A Mulher da Areia (HIROSHI TESHIGAHARA, 1964)

Um entomologista amador resolve sair da cidade e passar o fim de semana numa área desértica do Japão, a fim de coletar insetos raros. Ele pernoita numa casa onde habita uma estranha mulher. Logo ele vai perceber que caiu em uma armadilha, a qual não existe saída.

Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments