, ,


As 7 melhores atuações de Joaquim Phoenix

As 7 melhores atuações de Joaquim Phoenix

Joaquin Phoenix tem atraído muita elogios ao longo dos anos por suas performances em vários grandes filmes, assim como muitos filmes independentes menos conhecidos. Aqui é um olhar para trás em alguns dos papéis mais aclamados em impressionante carreira de Phoenix.


7. Contos Proibidos do Marquês de Sade (Philip Kaufman, 2000)

Vivendo em um asilo ao término de sua vida, o Marquês de Sade (Geoffrey Rush) torna-se amigo do diretor do asilo em que reside, Abbe Coulmier (Joaquin Phoenix). Com ele o Marquês troca confidências a respeito da afeição de ambos para com a lavadeira do asilo, Madeleine (Kate Winslet). A amizade de ambos cresce cada vez mais, até que Napoleão Bonaparte envia ao asilo um conceituado médico (Michael Caine), no intuito de curar o Marquês de sua suposta loucura. Entretanto, a vinda do médico apenas faz com que o caráter rebelde do Marquês fique cada vez mais forte.


6. Gladiator (Ridley Scott, 2000)

Nos dias finais do reinado de Marcus Aurelius (Richard Harris), o imperador desperta a ira de seu filho Commodus (Joaquin Phoenix) ao tornar pública sua predileção em deixar o trono para Maximus (Russell Crowe), o comandante do exército romano. Sedento pelo poder, Commodus mata seu pai, assume a coroa e ordena a morte de Maximus, que consegue fugir antes de ser pego e passa a se esconder sob a identidade de um escravo e gladiador do Império Romano.

thumbsdown


5. Amantes (James Gray, 2008)

Leonard (Joaquin Phoenix) é um homem solteiro que mora no bairro de Brooklyn, em Nova York. Ele tem suas atenções divididas entre uma moça apresentada por seus pais e sua nova e misteriosa vizinha.

two-lovers1-lst033720


4. Johnny & June (James Mangold, 2005)

A história do cantor Johnny Cash (Joaquin Phoenix), desde sua juventude em uma fazenda de algodão até o início do sucesso em Memphis, onde gravou com Elvis Presley, Jerry Lee Lewis e Carl Perkins. Sua personalidade marginal e a infância tumultuada fazem com que Johnny entre em um caminho de auto-destruição, do qual apenas June Carter (Reese Witherspoon), o grande amor de sua vida, pode salvar.

walk-the-line


3. O Mestre (Paul Thomas Anderson, 2012)

The Master é um drama de época sobre a fundação de A Causa, uma organização religiosa criada por Lancaster Dodd (Philip Seymour Hoffman) nos anos 50, depois que ele testemunha o horror na Segunda Guerra Mundial. Plemons faz o filho de Dodd e Warshofsky interpreta um detetive. A trama enfoca principalmente Freddie Quell (Joaquin Phoenix), ex-alcoólatra que se torna aprendiz de Lancaster Dodd, mas começa a questioná-lo quando o culto ganha proporções de fervor cego.

TheMaster_JoaquinPhoenix.png.CROP.rectangle3-large


2. O Tiro Que Não Saiu Pela Culatra (Ron Howard, 1989)

O filme foca os acontecimentos de um único verão, que atingem os quatro irmãos Buckman e suas famílias. Gil Buckman (Steve Martin) e Karen (Mary Steenburgen), sua esposa, têm poucos meses para ajudar Kevin (Jasen Fisher), o filho mais velho do casal, antes que seus problemas de comportamento o banissem para uma turma “especial”. A difícil relação de Gil com Frank, seu pai, o levou a se tornar um super-pai para suas três crianças e assim leva os problemas do seu filho como algo um pouco pessoal. Helen (Dianne Wiest), a irmã de Gil, está tentando criar seu filho, Garry Lampkin (Joaquin Phoenix), um adolescente mal-humorado, e Julie Lampkin (Martha Plimpton), sua filha independente, sem a ajuda do seu ex-marido, que está mais interessado na sua nova esposa e família. No entanto, Susan Merrick (Harley Jane Kozac), a irmã de Gil e Helen, precisa participar dos grandes planos de Nathan (Rick Moranis), seu marido, cujo zelo excessivo prejudica até mesmo a filha. Quando Larry (Tom Hulce), o irmão que estava desaparecido há algum tempo, mostra um outro esquema de ganhar dinheiro rápido ele traz uma surpresa para a família.

tumblr_mc2z0bQ7DD1rtr7kbo1_1280


1. Ela (Spike Jonze, 2013)

Em um futuro próximo na cidade de Los Angeles, Theodore Twombly (Joaquin Phoenix) é um homem complexo e emotivo que trabalha escrevendo cartas pessoais e tocantes para outras pessoas. Com o coração partido após o final de um relacionamento, ele começa a ficar intrigado com um novo e avançado sistema operacional que promete ser uma entidade intuitiva e única. Ao iniciá-lo, ele tem o prazer de conhecer “Samantha”, uma voz feminina perspicaz, sensível e surpreendentemente engraçada. A medida em que as necessidades dela aumentam junto com as dele, a amizade dos dois se aprofunda em um eventual amor um pelo outro.

joaquin-phoenix-in-her-movie-6

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments