, ,


10 filmes essenciais de Martin Scorsese

10 filmes essenciais de Martin Scorsese

Críticos e estudiosos do cinema chamam-lhe de “o maior diretor americano vivo”; vários dos seus filmes ocupam lugar de destaque nas listas dos melhores filmes do “American Film Institute” e na lista dos 250 melhores da Internet Movie Database. Embora seja alvo de grande admiração, e um dos nomes mais reconhecidos da indústria cinematográfica americana, por muitos anos foi considerado o grande “injustiçado” pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, por nunca ter ganho um Oscar. Em 2007, no entanto, Scorsese livrou-se desta sina ao ganhar o prêmio de Melhor Diretor por “Os Infiltrados”.

Scorsese queria ser padre, e muitos dos seus filmes trazem o seu selo da sua devoção católica. Muito cedo foi atraído pelo mundo mágico do cinema. Scorsese admitiu sua obsessão pelo cinema no documentário de 3 horas e 45 minutos que realizou em 1995, chamado ” A Personal Journey with Martin Scorsese Through American Movies” (“Uma jornada pessoal com Martin Scorsese pelo cinema americano”).


10. A Invenção de Hugo Cabret (2011)

Hugo é um garoto de 12 anos que vive em uma estação de trem em Paris no começo do século 20. Seu pai, um relojoeiro que trabalhava em um museu, morre momentos depois de mostrar a Hugo a sua última descoberta: um autômato, sentado numa escrivaninha, com uma caneta na mão, aguardando para escrever uma importante mensagem. O problema é que o menino não consegue ligar o autômato, nem resolver o mistério.


9. O Último Concerto de Rock (1978)

Começou como um concerto. E virou uma celebração. Junte-se às ilustres superestrelas e astros do rock na histórica festa de despedida da ”The Band”, em São Francisco no ano de 1976. Após 16 anos de estrada, o grupo realizou um de seus shows mais importantes. No palco, feras como Muddy Waters, Neil Young, Robbie Robertson, Eric Clapton, Bob Dylan e muitos outros.


8. Alice Não Mora Mais Aqui (1974)

Alice Hyatt (Ellen Burstun) fica viúva após perder o marido, um motorista de caminhão, em um acidente. Como tem um filho, Tommy (Alfred Lutter III), para criar luta pela sobrevivência. Inicialmente trabalha como cantora mas, em virtude de um tumultuado envolvimento com Ben Everhart (Harvey Keitel), um homem casado e agressivo, foge da cidade, indo trabalhar como garçonete em outra localidade. Lá ela conhece Flo (Diane Ladd), uma colega de trabalho que não prima pela educação mas é a amiga que Alice precisava. Lá também se envolve com David (Kris Kristofferson), um fazendeiro divorciado.


7. A Última Tentação de Cristo (1988)

Jesus (Willem Dafoe) é um carpinteiro que vive um grande dilema, pois é quem faz as cruzes com as quais os romanos crucificam seus oponentes. Resumindo, Jesus se sente como um judeu que mata judeus. Vivendo um terrível conflito interior ele decide ir para o deserto, mas antes pede perdão a Maria Madalena (Barbara Hershey), que se irrita com Jesus, pois não se comporta como uma prostituta e sim como uma mulher que quer sentir um homem ao seu lado. Ao retornar, Jesus volta convencido de que é o filho de Deus e logo salva Maria Madalena de ser apedrejada e morta. Então reúne doze discípulos à sua volta e prega o amor, mas seus ensinamentos são encarados como algo ameaçador, então é preso e condenado a morrer na cruz. Já crucificado, é tentado a imaginar como teria sido sua vida se fosse uma pessoa comum.


6. O Rei da Comédia (1983)

Filme cheio de ironia que conta a história de Rupert Pupkin, aspirante a comediante obcecado por se tornar um rei da comédia. Ele encontra seu ídolo e pede para fazer uma participação no talk show dele, porém é sempre enrolado. Pupkin não desiste e começa a mostrar o lado mais doentio de sua obsessão na busca de conseguir o que almeja.

Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments