, ,


33 Filmes admirados por Andrei Tarkovsky

33 Filmes admirados por Andrei Tarkovsky

Essa lista é baseada em um top 10 de Tarkovsky em 1972 e outros mencionados em seu livro Esculpir de Um Tempo.


1. Diário de um Pároco de Aldeia (Robert Bresson, 1950)

Nomeado para a paróquia de Ambricourt, uma pequena aldeia da França, um jovem padre não é bem recebido pelos moradores. Com a saúde debilitada, por problemas no estômago, ele tenta lidar com a situação, contando com o auxílio de um padre do vilarejo vizinho.


2. Luz de Inverno (Ingmar Bergman, 1963)

Após ler no jornal que a China possui a bomba atomica pretende usá-la, um pescador vai à igreja, buscando palavras de conforto e consolo pastor. Porém, este não consegue ajudá-lo, pois passa por uma crise de fé, temendo também o apocalipse nuclear.

Nattvardsgästerna (1963) Filmografinr: 1963/03


3. Nazarin (Luis Buñuel, 1959)

Baseando-se na novela de Benito Perez Galdós, Luis Buñuel, o cineasta mais importante da língua hispânica de sua época, atualiza o argumento, dando-lhe grande força dramática (uma vez que os problemas manchengos da trama são adaptados ao universo mexicano). O humilde padre Nazarín, interpretado por Francisco Rabal, vive e compartilha sua pobreza com os necessitados que moram perto da pousada de Chanfa. Após proteger uma prostituta que provocou um incêndio, é obrigado a fugir da cidade. Em sua peregrinação, as ações de Nazarín provocam uma série de problemas que se contrapõem fortemente a visão da caridade cristã.


4. Morangos Silvestres (Ingmar Bergman, 1957)

A caminho de uma cerimônia de premiação numa universidade, um médico é assediado por situações e personagens que o conduzem a um mergulho em sua vida pregressa.


5. Luzes da Cidade (Charlie Chaplin, 1931)

A paixão de um vagabundo por uma pobre florista cega, que acredita que ele é um milionário, o motiva a tentar conseguir o dinheiro necessário da cirurgia para restaurar sua visão.


6. Contos da Lua Vaga (Kenji Mizoguchi, 1953)

Durante a guerra civil japonesa, no século 16, o pobre oleiro Genjuro e seu cunhado Tobei viajam com as respectivas mulheres à capital da província onde vivem, nas redondezas do lago Biwa, para vender utensílios de cerâmica. Com as vendas, Tobei compra armas e se torna samurai, abandonando a esposa. Genjuro, por sua vez, acaba passando vários dias no castelo da misteriosa Lady Wakasa, quando vai entregar as mercadorias.

ugetsu


7. Os Sete Samurais (Akira Kurosawa, 1974)

Durante o Japão feudal do século XVI, um velho samurai chamado Kambei (Takashi Shimura) é contratado para defender uma aldeia indefesa que é constantemente saqueada por bandidos. Contando com a ajuda de outros seis samurais, Kambei treina os moradores para resistirem à um novo ataque, que deve acontecer muito em breve.


8. Persona (Ingmar Bergman, 1966)

Alma, uma enfermeira, deve cuidar de Elisabeth Vogler, uma atriz que está com a saúde muito boa mas se recusa a falar de qualquer jeito. Com a convivência, Alma fala a Elisabeth o tempo todo, inclusive sobre alguns de seus segredos, nunca recebendo resposta. Logo, Alma percebe que sua personalidade está sendo submergida na pessoa de Elisabeth.


9. Mouchette (Robert Bresson, 1967)

Uma jovem garota francesa solitária, desprezada pelo pai e com a mãe doente, se envolve com um forasteiro que a usa como álibi do assassinato de um policial.

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments