, ,


5 filmes que dão mais medo que muito filme de terror por aí…

5 filmes que dão mais medo que muito filme de terror por aí…

Essa lista foi uma das mais difíceis que escrevi. Acho que por causa do tema. Então não vão ser 10, nem 15 ou 20. Serão só 5 filmes mesmo!
Se tiverem ideias, por favor, serão bem-vindas! Assim faço a parte 2 para conseguir completar (pelo menos) 10 filmes!

A ideia da lista é a seguinte: sabe aqueles filmes que não são de terror mas que botam mais medo na gente do que muitos por aí?
Não entendeu? Confira a lista.
E claro, críticas e sugestões ao final.

(SPOILER ALERT)


5 – Enter The Void – Gaspar Noé, 2010

Enter the Void é um filme psicodélico sobre um cara que morre e fica voando por aí. Tipo, não que eu tenha medo da morte ou de ficar voando por aí após ela, mas as “bad trips” do cara são pesadíssimas.
Morrer pra ter bad trip?
Sai fora!


4 – Vanilla Sky – Cameron Crowe, 2001 / Abra los Ojos – Alejandro Amenábar, 1997

Coloquei os filmes juntos, pois toda vez que Vanilla Sky aparece em uma lista, vem alguém falar “mas é remake e blá blá blá”. Independente de qual filme é melhor, esse filme gela a espinha ao pensar que tudo que você vive é um sonho.
Espera, eu escrevi isso mesmo, ou estou sonhando? Ai, caramba!
Sério, o filme explode mentes.
Li um comentário uma vez sobre o mesmo: “não pensa muito não, cara. Senão você enlouquece.”
Concordo plenamente.


3 – O Sétimo Continente – Michael Haneke, 1989

Esse filme é um drama “cheio de vazio”, daqueles niilistas que te colocam pra baixo, sabe?
Fala a história (REAL, CARA! ISSO FOI REAL!) de uma família que, cansada da rotina, resolve se suicidar.
E aí, após o filme, você se pega olhando pra sua rotina angustiante e sufocante e, como um bom niilista (eu disse bom?), começa a questionar tudo e a todos e se a vida faz sentido ou não.
A minha sorte é que assisti a esse filme em um sábado e logo no domingo estava passando A Felicidade Não Se Compra no TC Cult, aí assisti e vi que a vida é uma beleza só. Thank you, Capra!

TV chiada pior que a da Samara.
TV chiada pior que a da Samara.

*Esse filme não é recomendado para pessoas com tendências suicidas.


2 – O Show de Truman – Peter Weir, 1989

Esse filme foi o que mais me deu medo quando era criança. Todo mundo sabe a história, do cara que é assistido por todo mundo, como em um Big Brother universal.
Vai dizer que, após o filme, você não se questionou se tudo isso é um plano, meio 1984mente falando, de alguma produtora e que todos estão te assistindo agora e as pessoas ao seu lado são meros atores.
Meio psicótico, eu sei.
Mas desencanei, até porque estou te assistindo neste momento. Sim, o filme é sobre você que está lendo essa lista agora…

(BRINCADEIRA, pode relaxar).


1 – Closer – Mike Nichols, 2004

“Ah, como você pode dizer que esse filme foi um dos que mais te deram medo sendo que é um filme de romance, e blá blá blá”.
Calma lá, caro.
Primeiro, esse filme não é de romance coisa alguma. É a história de dois casais que se traem e aí fica um auê danado durante todo o filme.
Mas a pior parte é quando a Natalie Portman simplesmente deixa de amar o cara e sai andando. (COMO ASSIM O AMOR ACABOU AGORA, ASSIM? :((((( )
Certa vez li um comentário (que foi o que me inspirou a fazer essa lista) que dizia que na parte que a garota fala na cama pra ele “I don’t love you anymore” foi onde o filme começou a ser um filme de terror para a pessoa.
Faz sentido…

Written by Felipe Yuzo

Aquela dose de alma na penumbra diária.

Comments

Leave a Reply
  1. Boa lista!
    Com certeza ótimos filmes…
    Quanto ao “Closer”, nunca vi ele como um filme de romance, mas sim de relacionamentos e pessoas, e um dos mais fortes nestes quesitos. O que deixa pior é que o fato do amor “acabar” é assustadoramente real…

    Ps. Seria um daqueles chatos que iria falar “mas é remake e blá blá blá” =P

  2. Boa sugestão, Bia! Valeu!
    Tinha me esquecido, mas ele se encaixa perfeitamente na lista!

    Dependendo das sugestões (e da minha memória) tento fazer uma parte 2!

  3. Realmente, Ita!
    Closer passa longe de romance e é beeem real!

    Quanto ao remake, acho as duas versões muito boas, haha, resolvi colocar as duas sem julgar a melhor!

  4. Gente, Réquiem para um Sonho é mesmo terrivelmente assustador! Incluo tb Bicho de 7 Cabeças e Irreversível, que de tão terríveis nunca mais quero ver!rs.

  5. Cara!!!! amei essa lista bem diferente e é verdade não precisa ser filme terror pra causar medo,pra mim filmes assim são os mais aterrorizantes me fazem ficar dias angustiada e pensando,quanto a closer faz todo o sentido oque você falou o pesadelo do Dan começou quando a Alice disse “I don’t love you anymore” hahaha
    faça a parte 2 por favor!

  6. Sobre filmes que assuntam mais que qualquer filme de terror: O pianista
    o filme conta a história de um judeu que passa por algumas “aventuras” durante segunda guerra mundial. O filme assusta por mostra uma história bem real, que todos conhecemos, e que mostra a que ponto o ser humano pode chegar

  7. interessante é que 4 desses filmes abordam, cada um a sua maneira, a temática da ilusão de viver…. acho que o medo mais profundo de cada um é descobrir que de fato, se vive em uma matrix

  8. Acho que faltou “réquiem para um sonho” tem umas cenas que deixam qualquer um pertubado e “trainspotting” pela cena da abstinência do Mark Renton. Apesar que a cena de Trainspotting tem influencia explicita de filme de terror.

  9. Ótima ideia pra uma lista!!
    Pra mim, o final de Ninfomaníaca é totalmente assustador, fiquei vários dias pensando!

  10. Não poderia concordar mais com o “Enter the Void”, “Vanilla Sky” e o “Closer”. “O Sétimo Continente” não assisti ainda, então não posso falar. Mas o “Show de Truman” não me desperta tais paranoias não… rs
    Como já disseram aí: Requiem for a dream é “cabuloso”, mas “Irreversível” tb foi tenso. Merecem estar na parte II da lista.
    Tem outro tb, “Kynodontas” (ou “Dogtooth” – “Dente Canino”) de 2009 que pra mim foi SINISTRO…
    Conta a história de três adolescentes que vivem isolados em uma casa, proibidos de terem contato com o mundo exterior antes de perderem seus dentes caninos (bom, tá na sinopse caninos, mas pra mim eram os sisos…até pq não faz sentido os caninos caírem, certo?) rs Enfim. Eles crescem então distorcendo completamente os valores que os pais fazem de tudo para incutir neles. É Sinistro ao mesmo tempo que é meio cômico. Vale a pena ser visto.
    Queria aproveitar pra parabenizar o site. Eu o adoro. Só não sou de comentar muito.
    🙂

  11. Olá, Juliana!
    Valeu pelas sugestões! Não conhecia esse filme dos dentes, vou procurar depois! Quem sabe ele não entra em uma futura parte 2?

    E acesse e comente aqui sempre que puder, será muito bem-vinda!

  12. Acho Requiem for a dream realmente merece estar nessa lista, assim como outro filme que me faz me sentir muito mal mas que eu adoro que é trainspotting, aquela cena do bebe é no mínimo, chocante.

  13. Gente, essa lista foi a melhor que já li, não pelos filmes em si, mas pela forma que ela foi escrita. As listas costumam ser bem interessantes, mas eu sinto falta de uma justificativa para o filme estar ali, compondo-a. E foi exatamente o que o autor fez! Dos filmes que não assisti, fiquei muito instigada, pela justificativas! Poderia ser sempre assim.

    Quanto a “Vanilla Sky”: nada que se compare a “Abre los Ojos”.

  14. Existem vários filmes que me aterrorizaram sem serem exatamente filmes de terror. “Mississippi Em Chamas” me perturba até hoje pelo o horror racista que ele transmite, sério, meu, eu vi esse filme quando era criança e morria de medo de ser atacado por um membro da KKK! Dá lista, eu confesso que também pela paranoia que “O Show de Truman” dá sobre ser vigiado e tal.

  15. Outros dois filmes que pra mim me abalaram mais que muito terrorzinho por aí, foram: “o secredo de teus olhos” (é de um final…que da resete na cabeça!!) e “a pele que habito” (loucura total) uhauahahha

  16. Ótima lista!!
    Requiem for a dream realmente me deixou bem pensativo. Foi um dos dramas mais fortes. Fiquei um semana com ele martelando na minha cabeça!!!
    Tem alguns outros títulos interessantes:
    -Mulholland Dr.
    -Shutter Island
    -Donnie Darko
    -Black Swan
    -Mary and Max – Apesar de ser uma animação, mexe bastante com o psicólogo e como um humor negro e ácido
    -Alice in Wonderland – Não é zoação, mas esse filme é “obscuro” (não sei se é a palavra mais certa no caso). Foi só eu ou tem mais alguém que quando assistiu, ainda criança, ficou com um nó na cabeça? Tem A Viagem de Chihiro) que segue bem a mesma linha, porém, bemmmm mais tranquilo
    -Total Recall – esse sim é mais pra zoar. Clássico filme de ação anos 80/90 que nem provoca terror, somente aquele dúvida, será que era realidade ou apenas minhas férias cibernéticas (desculpe o spoiler)

  17. “Requiem” martela mesmo, Carlos! Aquela trilha sonora ficou rodando em minha cabeça por dias!
    E belas dicas! Concordo com boa parte, principalmente com Mary e Max.

    Não conhecia esse “Total Recall”, vou procurar pra ver!
    E spoiler é o que mais teve na minha lista… haha.

  18. Realmente “A Pele que Habito” é bem indigesto mesmo!
    E o final do “O Segredo…” é pesadíssimo!

  19. Ótima lista! Um filme que me deu medo foi “Sr. Ninguém”, que trata sobre teoria do caos. É angustiante saber que decisões (certas ou erradas) podem mudar nossas vidas drasticamente.

  20. Ah, muito boa mesmo a lista. Eu dou a sugestão de dois filmes: Dead Ringers e Jacob’s Ladder. Também indicaria Onde os fracos não tem vez. O climão de suspense e atuação do Javier Bardem deixa qualquer um inquieto.

  21. Muito boa a lista!!
    Minha sugestão de filmes cabulosos e muito mais perturbadores que qualquer filme rotulado como “terror” são:
    – Irreversível (Gaspar Noé)
    Puta que pariu esse filme é de deixar qualquer um perturbadissimo!
    – Requiem for a Dream (Darren Aronofsky)
    – Mulholland Drive (David Lynch)
    Na verdade todos os filmes do David Lynch caíriam bem aqui..

  22. Conheço o filme, mas ainda não o assisti.
    Vou ver se vejo para incluir em uma futura parte 2!

    Valeu pela sugestão! 😉

  23. São os dentes caninos mesmo, o pai diz que só podem sair de casa se estes dentes caírem justamente pela impossibilidade do fato rs

One Ping

  1. Pingback:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments