, ,


10 grandes filmes filosóficos que questionam a realidade

10 grandes filmes filosóficos que questionam a realidade

O que é a realidade, ou melhor, o que torna uma coisa mais real do que a outro? Não há nenhuma boa resposta para essa pergunta, mesmo que a realidade tenha sido questionada desde o tempo de Platão, se não antes. Toda a filosofia está preocupada com estas questões, de Platão a al-Ghazali de Descartes para Gilbert Harman.

É interessante notar, no entanto, que este tipo de filmes parece ser dividido em duas grandes categorias: 1) filmes em que a realidade é perdido por causa do foco em alguma coisa (ou seja, uma obsessão, dificuldade ou objetivo; e 2) filmes em qual a realidade é perdido graças à manipulação por alguma força externa. Não está claro qual dos dois é mais aterrorizante, mas até certo ponto, ambos são possíveis e até mesmo provável.


10. Mr. Nobody

senhor ninguém

Em um futuro não muito distante, Nemo Nobody tem 118 anos de idade e é o último mortal a conviver com as pessoas imortais. Durante esse período, ele relembra os seus anos reais e imaginários de casamento.


9. Picnic na Montanha Misteriosa

piquenique na rocha que pendura

No sábado, 14 de fevereiro de 1900, um grupo de estudantes do Appleyard College fez um piquenique em Hanging Rock, perto do monte Macedon, no estado de Victoria (Austrália). Alguns desapareceram misteriosamente.


8. A Origem

inception-2010

Dom Cobb (Leonardo DiCaprio) é um habilidoso ladrão, o melhor na perigosa arte da extração, o roubo de valiosos segredos das profundezas do subconsciente durante os sonhos das pessoas, quando a mente fica totalmente vulnerável. Essa rara habilidade de Cobb fez dele um cobiçado jogador nesse traiçoeiro novo mundo da espionagem corporativa, mas também fez dele um fugitivo internacional que perdeu tudo o que mais amava. Agora, uma chance de redenção foi oferecida a Cobb. Um último trabalho pode trazer sua vida normal de volta, mas somente se ele conseguir o impossível – inserção. Ao invés de fazer o roubo perfeito, Cobb e sua equipe de especialistas têm que fazer o oposto: a missão não é roubar uma ideia, mas sim plantar uma ideia. Se eles obtiverem sucesso, pode ser o crime perfeito. Mas nem mesmo um plano cuidadoso poderia prepará-los para um perigoso inimigo que parece prever cada movimento deles. Um inimigo que somente Cobb poderia prever.


7. Pi

pi-1998

Em plena Manhattan vive Max (Sean Gullette), um jovem gênio da matemática e computação que vive escondido da luz do sol, que lhe dá constantes dores de cabeça, e evita o contato com outras pessoas. Max conseguiu construir um supercomputador que o fez com que compreendesse toda a existência da vida na Terra, já que percebeu que todos os eventos se repetiam após um determinado espaço de tempo. Com isso Max pôde adivinhar o que viria a acontecer no mercado da bolsa de valores, já que conhecia as tendências que se repetiriam, e passa a ser cobiçado por representantes de Wall Street e também por uma seita que busca decifrar os mistérios da Torá.


6. 8 ½

8½

Prestes a rodar sua próxima obra, o cineasta Guido Anselmi (Marcello Mastroianni) ainda não tem idéia de como será o filme. Mergulhado em uma crise existencial e pressionado pelo produtor, pela mulher, pela amante e pelos amigos, ele se interna em uma estação de águas e passa a misturar o passado com o presente, ficção com realidade.

Comments

Leave a Reply

2 Pings & Trackbacks

  1. Pingback:

  2. Pingback:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments