, ,

Os 15 melhores filmes influenciados pela filosofia de Jean-Paul Sartre

No início XX, um novo gênero da literatura se tornou muito popular na Europa Ocidental, especialmente na França. Escritores como Jean-Paul Sartre e Albert Camus começaram a escrever sobre temas como a existência humana e suas crises, e isso foi chamado existencialismo, uma teoria filosófica e uma abordagem que enfatiza a existência da pessoa de forma individual determinando seu próprio desenvolvimento e destino.

No entanto, quando se questiona sua própria existência e significado de vida, ela simplesmente simplifica a crise existencial. Esse era o tema principal de Sartre, embora ele afirmou que não era um existencialista. Seu trabalho não só influenciou a sociologia, as teorias coloniais e pós-coloniais, mas também deixou sua marca no cinema. Ele tinha um relacionamento aberto com a proeminente teórica feminista Simone de Beauvoir, e juntos desafiaram as expectativas culturais e sociais de suas criações, que era considerado um estilo de vida burguês.

Sua ideia principal é que as pessoas estão “condenadas a ser livres”, como já mencionado acima, o que significa que não há criador. Sartre disse que os seres humanos não têm essência antes de sua existência porque não há criador, assim “a existência precede a essência”.

Com isso dito, estão abaixo uma lista de 15 filmes feitas pela TasteofCinema que carregam a filosofia de Sartre, que têm vários conceitos existenciais, tais como a depressão, a vontade de ser livre e o sentido da vida.

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments