, ,


10 atores de Harry Potter que não estão mais entre a gente

Always

Gosto ou não, a franquia Harry Potter agora tem quase a mesma idade que Harry tinha quando ele deixou Hogwarts para lutar a batalha de sua vida ao lado de Dumbledore. Mais de 16 anos já se passaram desde a adorável adaptação de Chris Columbus do primeiro romance de bruxos de JK Rowling no Reino Unido.

Muitas coisas mudaram desde então, tanto no Mundo Mágico – que agora foi estendido por outra peça e a franquia Animais Fantásticos – e no mundo real. O elenco central de Ron, Harry e Hermione cresceram, afastando-se da série para esculpir suas carreiras em outro lugar.

Foram apenas 6 anos desde que o último filme foi lançado, mas mesmo assim desde então, vimos figuras-chave e coadjuvantes irem embora desse mundo. Mas graças ao eterno poder da franquia de Harry Potter, eles viverão, cada fã pode revê-los sempre que seus corações desejarem. Isso parece bastante adequado dado o mundo em que foram capturados para sempre…


10. Robert Hardy – Cornelius Fudge

Cornelius Fudge Harry Potter

“Você está cego pelo amor ao seu departamento, Cornélio! Você deu muita importância, e sempre dará, na chamada pureza do sangue! Você falhou em reconhecer que não importa como uma pessoa nasceu, mas como ela irá ser no futuro!”
—Alvo Dumbledore falando sobre os valores de Cornélio Fudge

Robert Hardy, conhecido por seu papel nos filmes da franquia “Harry Potter”, morreu na quinta-feira, aos 91 anos. Com 70 anos de carreira, o artista britânico ganhou destaque mundialmente por interpretar o personagem Cornelius Fudge, ministro da Magia do mundo mágico criado por J. K. Rowling.


9. John Hurt – Ollivander

Harry Potter Ollivander John Hurt

Por volta do verão de 1938, Garrick Ollivander vendeu a Tom Riddle a sua varinha.

“ Estranho como estas coisas acontecem. A varinha escolhe o feiticeiro, lembre-se… acho que podemos esperar de si grandes coisas, senhor Potter. Ao fim e ao cabo, Aquele Cujo Nome Não Deve Ser Pronunciado fez coisas grandes — terríveis mas grandes.

Em 2015, Hurt divulgou que havia sido diagnosticado com câncer no pâncreas, e morreu em decorrência da doença.


8. Richard Griffiths – Vernon Dursley

Vernon Dursley

Tinha uma longa e muito respeitada carreira no teatro, mas foi enquanto Vernon Dursley na série Harry Potter que se tornou conhecido em todo o mundo.

Richard Griffiths morreu aos 65 anos na noite de uma quinta-feira, no Hospital de Coventry and Warwickshire, na sequência de complicações resultantes de uma operação ao coração.


7. Dave Legeno – Fenrir Greyback

Fenrir Greyback Harry Potter

“Fenrir Greyback é, talvez, o lobisomem mais selvagem vivo hoje Ele a considera como sua missão na vida morder e contaminar tantas pessoas quanto possível;. Ele quer criar lobisomens o suficiente para superar os assistentes Voldemort prometeu-lhe presa in. voltar para seus serviços. Greyback especializa em crianças … Morda-los jovens, diz ele, e criá-los longe de seus pais, criá-los odiar magos normais. ” – Remus Lupin em Greyback.

Morreu aos 50 anos durante uma trilha nos EUA. O corpo do ator foi encontrado na região conhecida como Vale da Morte, na Califórnia. O corpo foi visto por duas pessoas que faziam caminhada no local, e um helicóptero foi acionado para chegar ao local de difícil acesso. A polícia da Califórnia informou ao site que a morte durante a caminhada tem como causa mais provável o calor. A temperatura na região pode chegar a 48ºC no verão. A estimativa é de que o corpo foi encontrado três ou quatro dias após a morte.


6. Elizabeth Spriggs – A Mulher Gorda

The Fat Lady Harry Potter

Elizabeth Spriggs, que fez uma breve aparição em Harry Potter e a Pedra Filosofal como a Mulher Gorda no quadro de entrada da casa Grifinória, faleceu aos 78 anos. Ainda não revelaram a causa de sua morte. O site do jornal The Telegraph publicou um artigo falando da vida e carreira da atriz; Elizabeth tem uma longa lista de trabalhos, nos quais se encontra o título mundialmente famoso “Razão e Sensibilidade”. Sua última participação no mundo cinematográfico foi na película “Is There Anybody There?”, atualmente em fase de pós-produção e previsto para ser lançado ainda esse ano no Reino Unido.


5. David Ryall – Elphias Doge

Elphias Doge Harry Potter

O ator britânico David Ryall, conhecido por seu papel do mago Elphias Doge no filme Harry Potter e as relíquias da morte morreu aos 79 anos.

Ryall, que morreu no dia do Natal, atuou em seus mais de 50 anos de carreira de filmes como O homem elefante (1980) e séries de televisão como A Vila e Outnumbered.

Doge é um feiticeiro amigo de Albus Dumbledore, diretor da escola Hogwarts e um dos magos mais poderosos da saga.


4. Jimmy Gardner – Ernesto Prang

Harry Potter Ernie

Jimmy Gardner, que interpretou Ernesto Prang, motorista do Nôitibus Andante, em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, morreu aos 85 anos.

Além de trabalhar nos bastidores da Warner Bros, Jimmy também atuou em inúmeros filmes e seriados, entre eles Doctor Who, Em Busca da Terra do Nunca e Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões.


3. Roger Lloyd-Pack – Bartolomeu Crouch

Barty Crouch Sr Harry Potter

“Num momento, um herói, pronto a se tornar Ministro da Magia… no momento seguinte, o filho morto, a mulher morta, o nome da família desonrado…”

– Sirius Black.

Roger Lloyd-Pack, o ator que interpretava Bartolomeu Crouch, o Chefe do Departamento de Cooperação Internacional em Magia do Ministério, morreu no dia 15 de janeiro de 2014, em sua casa devido a sua doença de câncer pancreático. Roger Lloyd-Pack nasceu no dia 8 de Fevereiro de 1944 em Londres, Inglaterra. Ele foi um ator conhecido por interpretar em “Harry Potter e o Cálice de Fogo” (2005), “Entrevista com o Vampiro” (1994), “O Espião Que Sabia Demais” (2011) e participar de dois episódios de “Doctor Who”. Seu personagem, Bartolomeu, foi funcionário do Ministério, famoso por ter criado medidas muito severas contra os partidários de Voldemort. Tinha cabelos escuros, mas devido a alta pressão no trabalho ele ficou grisalho e magro.


2. Richard Harris – Albus Dumbledore

Albus Dumbledore Richard Harris

Com mais de 70 filmes ao longo de sua carreira, o ator irlandês Richard Harris morria em um dia como este, em 2002. Entre seus últimos filmes estão Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001) e Harry Potter e a Câmara Secreta (2002), em que interpretou o professor Albus Dumbledore. Richard Harris foi vítima de câncer e morreu aos 72 anos em Londres – ele viveu os últimos 12 anos de sua vida no quarto de hotel 758, do prestigiado Hotel Savoy, na capital inglesa. Além de ator, Harris também era diretor, compositor, cantor e escritor. Fora o seu reconhecido talento ao longo de mais de seis décadas de trabalho no cinema, Harris também era conhecido fora das telas por suas bebedeiras, mulheres e comportamento típico de “bad boy”.

Ele atingiu o estrelado internacional a partir de 1963 por sua atuação em “O Pranto de um Índio”. O papel lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor ator. Outra atuação que o consagrou foi Camelot (1967), musical da Broadway em que interpretou o Rei Artur. Também deve atuações marcantes em Um Homem Chamado Cavalo (1970), Terra da Discórdia (1990), Cromwell, O Homem de Ferro (1970), Os Imperdoáveis (1992), Jogos Patrióticos (1992) e Gladiador (2000).


1. Alan Rickman – Severus Snape

Snape Harry Potter

O ator inglês Alan Rickman morreu aos 69 anos após luta contra um câncer.

Rickman fez sucesso em peças de teatro, na TV e em filmes. Mais conhecido pelo papel de Severus Snape, na saga “Harry Potter”, o ator também estrelou “Duro de Matar” (1988), “Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões” (1991) e “Sweeney Todd” (2007), entre outros.

Nascido em 21 de fevereiro de 1946 no bairro londrino de Hammersmith, Rickman é conhecido por trabalhos notáveis em filmes como “Razão e Sensibilidade” (1995) ou “Um Romance de Outro Mundo” (1990).

Seu interesse pela arte dramática começou quando estudava no prestigiado colégio Latymer School de Londres, onde participou de várias produções escolares.

Rickman estudou na Real Academia de Arte Dramática de Londres, na qual foi aceito após interpretar uma passagem de Ricardo III, do dramaturgo inglês William Shakespeare. A partir de então, iniciou uma brilhante carreira como ator. No teatro, ficou famoso com “As Amizades Perigosas”, uma novela de Pierre Choderlos de Laclos, adaptada por Christopher Hampton e dirigida por Howard Davies.