, ,

Love

10 filmes de Horror dirigidos por mulheres para assistir na Netflix

Abre a Netflix e prepara a pipoca!

A direção geral é o segundo cargo técnico no audiovisual que é menos ocupado por mulheres, e sabendo da importância de exaltar as diretoras no Cinema de Horror, preparamos com muito carinho uma lista de filmes de Horror dirigidos por mulheres para assistir na Netflix! Não assisti todos os filmes da lista ainda, mas muitos deles eu amo de paixão. Além disso, tem coisa mais prática do que só entrar na Netflix e assistir um filme no conforto da sua casa? Então pode preparar a pipoca e conferir a lista:

1. O Babadook (Jennifer Kent, 2014)

Seis anos já se passaram desde a morte de seu marido, mas Amelia (Essie Davis) ainda não superou a trágica perda. Ela tem um filho pequeno, o rebelde Samuel (Noah Wiseman), e tem dificuldades para amá-lo. O garoto sonha diariamente com um monstro terrível e ao encontrar um livro chamado “The Babadok” reconhece imediatamente seu pesadelo. Certo de que Babadok deseja matá-lo, o menino começa a agir irracionalmente, para desespero de Amélia.


2. XX (Karyn Kusama; Jovanka Vuckovic; St. Vincent; Roxanne Benjamin, 2017)

Uma antologia de curtas-metragens de horror composta de quatro histórias com temas tradicionais, mas todas apresentadas de um ponto de vista feminino.


3. O dormitório (Rachel Talalay, 2014)

Vivian (Alexis Knapp) é uma caloura universitária muito tímida, e com uma autoestima baixa. Com dificuldades em se relacionar com as pessoas, a jovem mal consegue aproveitar os benefícios que a faculdade tem a oferecer. Mas quando suas colegas de dormitório decidem transformá-la em uma implacável sedutora, sua vida mudará para sempre.


4. Para Elisa (Juanja Fernández, 2013)

Uma menina recém-formada tenta ganhar dinheiro como babá, mas é contratada por uma senhora estranha para cuidar de uma mulher louca que a vê como brinquedo.


5. Noite do terror 2 (Jen Soska; Silvya Soska, 2014)

Um grupo de amigos visita o necrotério da cidade para surpreender Amy em seu aniversário. Mas se assustam quando o cadáver do psicopata Jacob, que todos acreditavam estar morto, levanta-se inesperadamente.


6. The Invitation (Karyn Kusama, 2015)

Uma tragédia abala o casal que era formado por Will e Eden. Eles perdem o filho pequeno e, desolada, Eden vai embora sem dar notícias. Dois anos mais tarde, ela volta a procurar o ex marido, acompanhada de outro homem, e totalmente diferente de como era antes. Durante um jantar com Will, Eden e seu novo marido, Will começa a suspeitar que os visitantes têm planos sinistros contra ele.


7. The silenced (Lee Hye-yeong, 2015)

Em 1930, uma garota é mandada para um colégio interno e vê coisas estranhas acontecerem com as colegas.


8. Psicopata americano (Mary Harron, 2000)

Patrick Bateman (Christian Bale) jovem, branco, bonito e sem nada que o diferencie de seus colegas de Wall Street. Protegido pela conformidade, privilégio e riqueza, Bateman é também um serial killer, que vaga livremente e sem receios em busca de uma nova vítima. Seus impulsos assassinos são abastecidos por um zeloso materialismo e uma inveja torturante quando ele encontra alguém que possui mais do que ele. Após um colega dar-lhe um cartão de visitas melhor que o seu em tinta e papel, a sede de sangue de Bateman surge e ele aumenta ainda mais suas atividades homicidas, tornando-se um perigoso e violento psicopata.


9. Honeymoon (Leigh Janiak, 2014)

Jovens recém-casados, Paul e Bea viajam para um lago, em um país remoto, em sua lua de mel. Pouco depois de chegar, Paul encontra Bea desorientada no meio da noite. Como ela se torna mais distante e seu comportamento cada vez mais peculiar, Paul começa a suspeitar de algo mais sinistro do que sonambulismo.


10. Kiss of the damned (Alexandra Cassavetes, 2012)

Seduzida por Paolo (Milo Ventimiglia), a vampira Djuna (Joséphine de la Baume) não consegue resistir e entrega-se ao rapaz, dando início a um relacionamento amoroso. Mas a relação se complica com a chegada inesperada da irmã de Djuna, capaz de perturbar toda a comunidade de vampiros.

Written by Rafaela Germano

Feminista e apaixonada por Cinema de Horror, resolveu juntar as duas coisas criando o site Mulheres no Horror. Graduanda em Cinema e Audiovisual, atualmente realiza uma pesquisa sobre a Representação feminina e atribuições de gênero em filmes de vampiro.

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

Loading…

Comments

comments