Os filmes mais polêmicos de todos os tempos

, ,

Os filmes mais polêmicos de todos os tempos

7 – Salò ou os 120 dias de Sodoma (1975) – Direção: Pier Paolo Pasolini

Proibido em diversos países, o filme só esteve disponível na íntegra décadas mais tarde.

Momento mais polêmico: Os priosioneiros dos facistas são forçados a comer um banquete de fezes.


8 – O Exorcista (1973) – Direção: William Friedkin

O Exorcista foi proibido em muitas cidades e países por ser terrivelmente assustador, e em alguns casos por motivos religiosos. O filme afetava muitos telespectadores tão fortemente que, em muitos teatros, os paramédicos foram chamados para tratar pessoas que desmaiaram. No Reino Unido, O Exorcista não estava disponível até 1990, quando passou pela  British Board of Film Censura (BBFC), com uma classificação de 18 anos.

Momento mais polêmico:  Regan (Linda Blair) começa a se masturbar com um crucifixo


9 – Cannibal Holocaust (1980) – Direção: Ruggero Deodato

Cannibal Holocaust é um filme apelativo conhecido pela controvérsia e polêmica que causou logo após sua estreia. Depois de estrear na Itália, o filme foi apreendido por um magistrado local, e Ruggero Deodato foi preso por acusações de obscenidade. Mais tarde ele foi acusado de ter feito um filme snuff, devido aos rumores que afirmavam que certos atores foram realmente mortos. Apesar de Deodato ter sido posteriormente inocentado dessas acusações, o filme foi proibido na Itália, Reino Unido, Austrália e em vários outros países devido à sua representação gráfica de gore, violência sexual e a inclusão de seis mortes reais de animais. Muitos países já revogaram a proibição, mas o filme ainda é barrado em várias nações.

Momento mais polêmico: A mulher empalada


10 – O Último Tango em Paris (1972) – Direção: Bernardo Bertolucci

Na Itália, o filme foi lançado apenas em dezembro de 1975, mas uma semana depois a polícia confiscou todas as cópias por ordem da Justiça e Bernardo Bertolucci foi processado por obscenidade. Após vários apelos em diversas instâncias, a Suprema Corte Italiana selou o destino do filme na Itália, ordenando que todas as cópias fossem destruídas. Bertolucci foi condenado a quatro meses de prisão, sentença suspensa, e teve seus direitos civis e políticos cassados por cinco anos. Apenas em 1987, quinze anos após seu lançamento original, com a entrada em vigor de uma nova lei de costumes, Tango pôde finalmente ser exibido integralmente na Itália.

Momento mais polêmico: Paul usa a manteiga como lubrificante para o sexo anal.

Confira mais filmes que causaram polêmica clicando aqui.

Para você quais os filmes mais polêmicos da história?

2 de 2Próximo

Written by Guilherme Antunes

Acadêmico de História e um apaixonado pelas coisas da vida.

3 Comments

Leave a Reply
  1. Gênio?? você só pode estar brincando, o filme é horrivel do inicio ao fim, não pelo conteúdo pesado (eu costumo apreciar esses filmes alternativos com temáticas obscuras para refletir sobre certos assuntos), mas além de esse diretor ser um comunista e atacar de forma descabida valores morais e a religião, ele não deve entender nada de história e nem política. O fascismo é uma ideologia ultra conservadora e nacionalista, radicalmente contra o libertarianismo e a perversão sexual, não que eu esteja defendendo o fascismo, mas com certeza se tem uma coisa que os fascistas jamais fariam é o que o diretor mostrou nesse filme. Pasolini não fez um filme, ele fez uma afronta a realidade, modificando os fatos e transmitindo uma mensagem distorcida, em um filme terrivel, digno de ter todas suas cópias queimadas.

  2. já olhei quase todos da lista, alguns realmente mexem com o psicológico de qualquer um, como serbian movie (para mim o mais pesado de todos), recomento canibal holocaust, que apesar de ser bem pesado, tem uma ótima e revoltante história, já o 120 dias de sodoma para mim no máximo pode ser classificado como um porno para sádicos, ele passa uma visão completamente distorcida do fascismo, o termo fascismo libertário chega a ser ridículo, qualquer pessoa que entende de política sabe que o fascismo é uma doutrina ultra conservadora e anti-liberal, não digo que esses filmes devam ser proibidos, mas sim que sua exibição pública dever ser proibida.

One Ping

  1. Pingback:

Deixe um Comentário